Segundo Kat, o conhecimento começa com a experiência, mas isso não quer dizer que se origina da experiência. Essa é uma questão importante para tratarmos.
Pode acontecer que o conhecimento de experiência seja um composto do que recebemos por impressões e do que a faculdade forneça de si próprio.
É necessário que seja feita uma investigação pormenorizada e que não pode ser despachada pelo que se ostenta. Se há conhecimentos anteriores a experiência, então são chamadas de a priori e se diferencia do empírico que é posteriori.
Toda via essa palavra a priori não é o suficiente pra exprimir o sentido pleno da questão proposta, pois com conhecimentos derivados da experiência dizem que somos capazes de participar do a priori porque derivamos de uma regra que toma emprestado da experiência.
Entenderemos a priori como independente da experiência que se opõe ao empírico logo a posteriori
Do apriori denomina-se puro o saber que não tem nada de empírico assim a mudança não tem sua causa a priori, pois a mudança é um conceito que só pode existir se tirado da experiência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.